desde 1996 a criar parcerias de futuro.

5 erros que as PME cometem no Portugal 2020
06 Out, 2017

5 Erros no Portugal 2020

Antes de ser submetida a candidatura a um dos sistemas de incentivos do Portugal 2020 é importante verificar se a empresa cumpre com as condições de elegibilidade requeridas, não só ao nível da empresa como também ao nível do projeto que a empresa pretende desenvolver.

É importante entender a importância do rigor que deverá ser o procedimento da submissão da candidatura, pois eventuais erros poderão invalidar a candidatura ou gerar consequentes atrasos.

Em baixo saiba 5 erros que as empresas cometem.

Precisa de ajuda? Contacte-nos agora! Fazemos o enquadramento da sua iniciativa gratuitamente.

5 erros cometidos no Portugal 2020

 

  1. Não existir uma estratégia

Certos empresários procuram apenas obter apoios sem saber aquilo que pretendem, e sem terem uma estratégia empresarial definida e planeada.

  1. Não possuir estatuto de PME

No Portugal  2020 a maioria dos apoios estão destinados às pequenas e médias empresas, devendo as mesmas requerer ou possuir uma certificação PME por parte do IAPMEI. Atender também ao facto de que se uma empresa registar uma participação acionista superior a 25% de uma grande empresa ela não poderá obter o estatuto de PME.

  1. Desconhecer o Sistema de Incentivos a candidatar

No âmbito do Portugal 2020, existem diversos sistemas de incentivos inseridos nos diferentes programas operacionais:  Compete 2020; Inclusão Social e Emprego; PDR 2020 ou Mar 2020 são alguns dos exemplos dos principais programas operacionais.

É importante que a empresa avalie em função do seu projeto, montante de investimento e custos de investimento, o sistema de incentivos que poderá ser mais indicado.

  1. Não pedir ajuda a uma consultora especializada

Submeter uma candidatura não é um processo fácil. Existe um conjunto de elementos que têm que ser submetidos  em detalhe com um alto nível de exigência.

No caso de micro ou pequenas empresas, torna-se ainda mais complexo fornecerem a informação requerida, pois essas empresas por norma não possuem nos quadros técnicos qualificados capazes de responder a todas as questões técnicas colocadas no âmbito da candidatura. Por essa razão, muitas acabam por ter que solicitar apoio a empresas de consultoria.

  1. Desconhecer como funcionam os programas regionais

Os valores de financiamento diferem nas zonas do país. Algumas zonas, como o Norte e o interior do país, são consideradas prioritárias e por isso dispõem de maior disponibilidade orçamental e condições mais vantajosas para as PME, em alguns dos sistemas de incentivos existentes.

Contacte-nos agora para mais informações! Peça ajuda especializada e garanta o êxito da sua candidatura e o acesso aos apoios do Portugal 2020.

A Mercal integra a rede internacional IMCN e é considerada a melhor empresa de consultoria portuguesa.

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *