desde 1996 a criar parcerias de futuro.

5 motivos para avaliar a sua empresa
16 Mai, 2018

Porquê avaliar a empresa?

Num mercado cada vez mais competitivo, torna-se fundamental ao nível da gestão estratégica conhecer o valor da sua empresa.

Na tomada de decisões ao nível do investimento e da expansão do negócio, as fusões e aquisições assumem um papel importante e que deve ser considerado de forma a que não perca dinheiro e possa obter o melhor resultado financeiro possível.

A avaliação de empresas poderá constituir uma decisão estratégia para sustentar decisões de investimento, para venda de empresa, para avaliar a situação financeira e económica da empresa. Assim como em decisões de entrada na bolsa de valores, ou simplesmente para avaliar a qualidade da gestão.

Pretende efetuar a avaliação da sua empresa?

Contacte-nos agora, a Mercal Consulting Group é especializada na área das Fusões e Aquisições: Avaliação, Venda, Fusão e Aquisição de Empresas.

  1. Quanto vale a sua empresa?

O valor da empresa não é definido apenas em função dos ativos que a empresa possui, como também é considerado os rendimentos que poderá gerar no futuro. Poderão ser considerados outros fatores, como o potencial de crescimento do mercado e da aceitação da marca, assim como por exemplo projeções relativamente a novos produtos que estão planeados serem lançados dentro de em breve no mercado.

Metodologias de Avaliação de Empresa

Existem vários métodos possível para avaliar uma empresa, sendo de forma sucinta descritos os principais métodos utilizados.

Método patrimonial

O Método Patrimonial considera o valor dos ativos da empresa ao valor atual de mercado, tais como os imóveis, existências, entre outros ativos. Com a dedução dos ativos dos passivos, é calculado o capital próprio.

Método dos Múltiplos de Mercado

Normalmente o Método dos Múltiplos de Mercado é utilizado em empresas de maior dimensão e especialmente em empresas cotadas em bolsa.  Com a informação obtida sobre as transações internacionais ocorridas por empresas do mesmo setor de atividade, são obtidos os múltiplos médios de mercado e o valor da empresa.

Método do Rendimento (DCF)

O Método dos rendimentos, ou DCF (Discounted Cash Flow) é o método mais utilizado na avaliação de empresas a nível mundial e em Portugal.

No cálculo do valor da empresa por esse método são considerados a previsão dos cash-flows gerados pela empresa por um período temporal que pode chegar a 10 anos; o custo de oportunidade de capital e a análise de risco da empresa.

  1. Compra e venda de participações societárias

Podendo não estar previsto no curto prazo a entrada de um novo sócio ou saída de sócios existentes, é importante que proceda à avaliação da empresa periodicamente de forma a determinar o valor da empresa.

Saber o valor da empresa é também importante para a aquisição de operações em que haja a necessidade de garantias.

  1. Venda da empresa

A avaliação de empresas é essencial em processos de venda de empresas, não só porque permite saber o valor de mercado da empresa para efeitos de negociação, como também para perceber o perfil de investidores ou de empresas que poderão estar interessadas na aquisição da empresa.

O relatório de avaliação de empresa irá suportar a apresentação da empresa e desenvolver o processo negocial junto dos potenciais investidores interessados, em sede do processo de venda.

Caso pretenda equacionar a venda futura da empresa, de forma a não perder a oportunidade de conseguir obter o melhor resultado da transação, é importante conhecer o valor real da empresa e o seu potencial de valorização. A Avaliação permite também saber se é o melhor momento para a venda da empresa ou de que forma poderá valorizar o seu negócio para conseguir ter no futuro o melhor retorno possível.

  1. Empresários de sucesso avaliam as suas empresas

O valor da empresa poder ser influenciado e variar em função de fatores macroeconómicos e de mercado. Assim, a avaliação da empresa e o conhecimento sobre o valor da empresa ajuda o empresário a tomar decisões em momentos críticos, agir de forma rápida, tomando decisões sobre o investimento e o planeamento estratégico.

  1. Tomar decisões estratégicas

Para além dos motivos indicados em acima, consideramos que as decisões estratégicas para a melhoria da atividade da empresa deverão ter em consideração o valor da empresa.

Não apenas ao nível da análise dos fluxos caixa e dos ativos e inativos da empresa, assim como em situações de aquisição de equipamentos e principalmente ao nível do planeamento estratégico.

Contacte-nos e marque uma reunião com os nossos consultores.

Desde 1996 que a Mercal é especializada na área das Fusões e Aquisições.  A Mercal faz parte do grupo internacional IMCN, e é considerada a melhor empresa consultoria portuguesa por diversas entidades de prestígio internacional.

Conheça os nossos serviços de Fusões e Aquisições:

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *