desde 1996 a criar parcerias de futuro.

Apoios ao Turismo 2018 - 2019
27 Jun, 2018

Novos Apoios ao Turismo em 2018 e 2019

Conheça os principais apoios ao Turismo para o período de 2018 e 2019. No âmbito do Portugal 2020 e Turismo de Portugal, existem diversas linhas de financiamento que poderão apoiar a sua iniciativa.

Como saber qual a linha de apoio mais adequada e vantajosa para o seu projeto?

O enquadramento do seu projeto e a escolha da linha de financiamento dependerá da resposta às seguintes questões:

  • Quais os objetivos do projeto?
  • Qual o local de investimento?
  • Qual o montante total de investimento previsto?
  • Qual a tipologia de investimentos?
  • Qual o grau de urgência na obtenção de financiamento?

Precisa de mais informações? Contacte-nos agora. Efetuamos gratuitamente o melhor enquadramento do seu projeto no âmbito das linhas do Portugal 2020 e Turismo de Portugal.

1. Objetivos do Projeto

Os objetivos do projeto estão relacionados com a atividade que se pretende vir a desenvolver.  Poderá se tratar de um projeto de alojamento turístico, por exemplo para a construção de um hotel de 4 estrelas ou para uma unidade de turismo em espaço rural, ou de um projeto de animação turística, eventos, agência de viagens, turismo de saúde, entre outras tipologias existentes no setor do Turismo.

2. Local de Investimento

O local de investimento pode ser diferente do local onde se encontra sediada a empresa. Porque para efeitos de enquadramento e elegibilidade, o que é importante é o local onde será executado o investimento. Em função do local de investimento poderão variar as linhas de financiamento existentes para o setor do Turismo, assim como as condições existentes. Por norma, os projetos de turismo no interior de Portugal beneficiam de financiamento em condições mais vantajosas e também de uma diversidade maior de opções de financiamento.

3. Investimento

As informações relativamente ao montante de investimento total previsto, permitem filtrar as linhas de apoios ao qual o seu projeto se poderá candidatar. Porque existem linhas que possuem limitações relativamente ao investimento considerado elegível. Quer no que diz respeito ao investimento mínimo, quer ao investimento máximo. Por exemplo no programa SI2E, o investimento total máximo elegível pode ser de 235 mil euros, não existindo um montante mínimo. Já no SI Empreendedorismo o montante mínimo de despesas elegíveis é de 50 mil euros e o montante máximo de 1.5 milhões de euros. Projetos com investimentos superiores serão elegíveis no SI Inovação Produtiva.

4. Tipologia de Investimentos

A tipologia de investimentos diz respeito ao tipo de investimentos que pretende fazer. Por exemplo, obras de construção ou obras de remodelação, equipamentos e mobiliário, marketing, site, software, entre outras despesas. Em função da tipologia de investimentos, será possível verificar qual o sistema de incentivos que mais se adequa face às necessidades de investimento do seu projeto. Por exemplo no SI2E, no que diz respeito às obras, são apenas elegíveis obras de remodelação e/ou ampliação. Já no SI Empreendedorismo são elegíveis obras de construção e de remodelação.

5. Urgência na obtenção de financiamento

Qual o grau de urgência na obtenção de financiamento?

No âmbito do Portugal 2020, as candidaturas aos sistemas de incentivos sucedem através dos avisos de abertura.

Por norma surgem dois avisos de abertura por ano, que em média estão abertos durante dois meses, no máximo três meses. Daí a extrema importância de começar a preparar o seu projeto atempadamente e não aguardar apenas pela abertura do aviso para dar início ao processo.  Porque há um conjunto de trabalhos que necessitam de ser feitos previamente e condições que deverão estar asseguradas. Ocorrem  imprevistos e  podem surgir elementos em falta, assim como para assegurar a qualidade do projeto para a aprovação da candidatura.

Mas para além desses motivos, surge também o risco de perder a oportunidade de apresentar a candidatura dentro do prazo do aviso. É por isso que salientamos a importância da preparação atempada do seu projeto.

Existem linhas que estão abertas em permanente, na modalidade de crédito bonificado e para o setor do Turismo, nomeadamente a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta e o programa IFRRU 2020.

Assim se tem urgência na obtenção de financiamento para o seu projeto, as linhas de crédito bonificado tais como a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta e o IFRRU 2020 poderão ser uma alternativa para a obtenção de financiamento para o seu projeto. Como alternativa, possui ainda a Linha de Crédito Bonificado Capitalizar que poderá também financiar o seu projeto ou financiar projetos aprovados do Portugal 2020.

Caso pretenda obter incentivos do Portugal 2020,  recomendamos que não aguarde pela abertura do aviso para começar a prepara o seu projeto. Porque uma preparação atempada é vital para a valorização do projeto e aprovação do projeto. Assim como também de forma a cumprir com os prazos definidos no aviso de abertura.

Apoios ao Turismo: Sistemas de Incentivos

Conheça os principais apoios ao Turismo no âmbito do Portugal 2020 e Turismo de Portugal.

Sistemas de Incentivos do Portugal 2020
Linhas de financiamento do Turismo de Portugal
Turismo Fundos

Acompanhe os Avisos Abertos do Portugal 2020 e conheça as previsões de abertura. Comece a preparar atempadamente o seu projeto. De forma a que quando surjam os avisos de abertura possa reunir as condições de viabilidade e elegibilidade exigidas.

Saiba tudo sobre Turismo Rural em Portugal.

Apoios ao Turismo: Aspetos prévios

Para a obtenção de apoios ao Turismo, antes de apresentar uma candidatura deverá previamente ter assegurado as condições de elegibilidade do promotor e do projeto.

As condições de elegibilidade estão relacionadas com a viabilidade económica e financeira do projeto e a sustentação do projeto através de um plano de negócios e estudo de viabilidade. Nos projetos de investimento em que seja exigido o projeto de arquitetura, o mesmo deverá estar em curso ou aprovado (dependendo do sistema de incentivos) pela respetiva entidade camarária. A empresa deverá estar legalmente constituída à data da candidatura. A empresa deverá ser detentora do imóvel ou terreno, ou possuir um contrato de cedência de exploração superior a um período de 10 anos.

Se o seu projeto estiver numa fase embrionária, será importante numa primeira fase conhecer os sistemas de incentivos existentes, efetuar o devido enquadramento da sua iniciativa, e começar a preparar a sua candidatura.

Primeiro começar com a elaboração do estudo de viabilidade e plano de negócios. Paralelamente deverá também tratar do projeto de arquitetura (caso se aplique). Por fim após ter reunido as condições de elegibilidade e estando o aviso aberto da linha do Portugal 2020 escolhida, apresentar a respetiva candidatura.

Precisa de mais informações?

Contacte-nos agora para mais informação. Desde 1996 que a Mercal é especializada na área da consultoria empresarial para o Setor do Turismo e Hotelaria. Conheça os nosso serviços de Consultoria em Turismo em Consultoria em Hotelaria

A Mercal poderá apoiar a sua iniciativa através da elaboração do plano de negócios e estudo de viabilidade. Prestando simultaneamente assistência técnica ao projeto e apoiando no cumprimento das condições de elegibilidade.

A Mercal é considerada por importantes entidades internacionais como a melhor empresa de consultoria portuguesa.

A Mercal faz parte do grupo internacional IMCN e é parceira importante de entidades como o Turismo de Portugal, Turismo Fundos, IAPMEI, AICEP, entre outros.

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *