desde 1996 a criar parcerias de futuro.

Portugal 2020 Fundo Perdido
06 Jun, 2018

Apoios a Fundo Perdido no Portugal 2020

Portugal 2020 fundo perdido é um termo que vulgarmente muitos empreendedores e empresários utilizam nas pesquisas no motor de busca do Google, para procurar incentivos não reembolsáveis para os seus projetos de investimento.

Mas será que Portugal 2020 fundo perdido existe?

O programa Portugal 2020 foi criado para apoiar o desenvolvimento da economia nacional, com especial incidência nas zonas menos desenvolvidas.

No âmbito do Portugal 2020, existem diversas linhas de apoio para as empresas e projetos que visem a criação de novas empresas. Conheça também os apoios para o Setor do Turismo.

Algumas dessas linhas garantem apoios a fundo perdido, comparticipando parcialmente o investimento total do projeto considerado elegível. Noutras o incentivo poderá ser reembolsável sem juros, ficando a possibilidade na fase de avaliação uma parte do apoio ser perdoado o seu reembolso, ou seja, tornar-se a “fundo perdido”.

A taxa de incentivo a fundo perdido pode variar entre os 30% e os 75%, dependo de vários fatores, entre os quais:

  • Projeto
  • Sistema de Incentivos
  • Local de Investimento
  • Investimento
  • Dimensão da Empresa

Precisa de mais informações? Contacte-nos agora. Prestamos esclarecimentos e efetuamos a análise da elegibilidade e enquadramento do seu projeto gratuitamente.

Portugal 2020 Fundo Perdido: 3 Sistemas de Incentivos

Portugal 2020 fundo perdido, saiba mais sobre os 3 sistemas de incentivos no âmbito do Portugal 2020 que garantem apoios a fundo perdido e que são mais requisitados pelos empresários.

SI2E

O programa SI2E apoia a modernização e expansão de empresas, e a criação do próprio emprego através de criação de novas empresas.

O investimento máximo elegível, dependendo do local de investimento, poderá ser de 100 mil euros ou de 235 mil euros.

A taxa de incentivo a fundo perdido poderá variar entre os 30% e os 60% relativamente ao montante total de investimento considerado elegível. Para além desde apoio, esta linha comparticipa também o ordenado na criação do próprio emprego e na contratação de funcionários.

Um dos requisitos dessa linha é que exista pelo menos a criação de um posto de trabalho, podendo ser a criação do próprio emprego.

O investimento terá que ser realizado no prazo de 1 ano e meio.

O SI2E não está aberto de forma permanente. As aberturas ocorrem 1 a 2 vezes por ano. A abertura ocorre por regiões, existindo avisos específicos em função da localização do seu projeto.

Conheça as principais vantagens e desvantagens do SI2E e informações sobre as aberturas. 

Sistema de Incentivos à Internacionalização

O sistema de incentivos à internacionalização, como o próprio nome indica, apoia a internacionalização de micro, pequenas e médias empresas, com o objetivo de apoiar a exportação de produtos e serviços para os diversos mercados internacionais.

São também passíveis de ser apoiadas empresas recém constituídas.

São elegíveis despesas com a aquisição de equipamentos; software; contratação de técnicos qualificados; participação em feiras no estrangeiro; serviços de consultoria; campanhas de marketing; criação de conteúdos; missões empresariais; registo de marcas, entre outras.

A taxa de incentivos a fundo perdido é de 45%. Apoiando no máximo no valor de 500 mil euros. O montante mínimo de investimento é de 25 mil euros.

Por norma no Sistema de Incentivos à Internacionalização a abertura ocorre a nível nacional, podendo ocasionalmente surgirem também avisos de abertura por região.

Sistema de Incentivos à Qualificação

O sistema de incentivos à qualificação visa apoiar projetos de investimento para a melhoria das capacidades de organização, gestão e estratégica das empresas, contribuindo para o aumento da sua competitividade e inovação.

São apoiados projetos de investimento com as seguintes tipologias:

  • Inovação organizacional e gestão
  • Criação de marcas e design
  • Desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processos
  • Proteção de propriedade industrial
  • Qualidade
  • Eco-inovação
  • Transferência de conhecimento
  • Distribuição e logística

São elegíveis custos de investimentos com a aquisição de equipamentos, software, contratação, serviços de consultoria, registos de marcas, conteúdos, domiciliação em plataformas digitais, teste de laboratório, entre outras despesas.

Incentivo é concedido a fundo perdido, até ao valor máximo de €500.000, na taxa máxima de 45%.

Outros sistemas de incentivos

Saiba quais os avisos abertos no Portugal 2020.

Conheça os apoios para o Setor do Turismo.

Contacte-nos agora. Elaboramos o seu plano de negócios, estudo de viabilidade do projeto de investimentos, a sua candidatura e prestamos assistência técnica ao seu projeto.

A Mercal é considerada a melhor de empresa de consultoria portuguesa por prestigiadas entidades internacionais.

Desde 1996 realizamos mais de 1000 projetos com uma taxa de sucesso de 97%.

A Mercal faz parte do grupo internacional IMCN e é parceira de entidades importantes, tais como o IAPMEI, Turismo Fundo, Turismo de Portugal, AICEP, entre outras.

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *