desde 1996 a criar parcerias de futuro.

SI2E Incentivos
24 Mai, 2017

SI2E

SI2E incentivos para o empreendedorismo e emprego. Este sistema de incentivos foi publicado pela Portaria n.º 105/2017, de 10 de março que regula o Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E).

O SI2E pretende estimular a geração de novas iniciativas por parte das empresas e a criação de novas empresas e dessa forma promover o desenvolvimento económico e social do país.

O SI2E apoia projetos em todas as regiões do país e apoia projetos em todos setores de atividade, estando apenas excluídos os seguintes setores:

  • Financeiro e seguros;
  • Transformação e comercialização de produtos agrícolas;
  • Defesa;
  • Lotaria e jogos de aposta.
  • O Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego é gerido pelas GAL, CIM ou AM, sendo elegíveis a concurso as micro e pequenas empresas.

Precisa de mais informações? Contacte-nos agora. Fazemos o enquadramento da sua iniciativa gratuitamente no âmbito do SI2E Incentivos.

SI2E Incentivos

  1. Investimento físico – apoios não reembolsável
  • Taxa base de 40% de incentivos em territórios de baixa densidade e 30% nas restantes regiões;
  • Taxa de 20% de majorações que são definidas pelos avisos de abertura das candidaturas tendo em consideração que se tratam de Iniciativas para a criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas. Assim como projetos prioritários para a estratégia de desenvolvimento territorial das localizações em causa.
  1. Investimento em criação de emprego
  • São comparticipados os ordenados de postos de trabalho criados, tendo como limite mensal o valor de 1 IAS ( 421,32 em 2017).
  • As comparticipações base são de 9 meses, para contrato sem termos ou criação do próprio emprego, e de 3 meses para contratos de trabalho a prazo não inferiores a 12 meses de duração.
  • Existem ainda majorações de 3 meses para os territórios geridos pelas GAL e de 2,5 com um máximo de 6 meses para as restante situações.

Despesas elegíveis

  • Custos de aquisição de máquinas e equipamentos;
  • Custos de aquisição de equipamentos informáticos, incluindo software;
  • Custos relacionados com criação de novas marcas;
  • Custos com a domiciliação de aplicações, adesão a plataformas eletrónicas, publicação inicial de novos conteúdos digitais, bem como a inserção em diretórios e motores de busca;
  • Serviços de arquitetura e engenharia;
  • Viaturas para atividade da empresa;
  • Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenharia;
  • Obras de remodelação ou adaptação;
  • Participação em feiras e exposições no estrangeiro;
  • Criação do próprio emprego;
  • Criação de postos de trabalho para desempregados.

Resumo das principais despesas não elegíveis:

  • Compra de imóveis, incluindo terrenos;
  • Trespasse e direitos de utilização de espaços;
  • Aquisição de bens em estado de uso.

Candidatura ao SI2E Incentivos

Elaboramos a sua candidatura, projeto de investimento, estudo de viabilidade e plano de negócios para o SI2E incentivos.  A Mercal foi eleita nos últimos três anos com a melhor empresa de consultoria portuguesa por prestigiadas entidades internacionais.

Garantimos resultados!

Contacte-nos agora para mais informações. Prestamos esclarecimentos gratuitamente.

Adicione um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *